O invisível assédio sexual nosso de todos os dias

Desde as bruxas perseguidas na idade média, até as sufragistas que foram às ruas para conquistar o direito ao voto, é impossível separar os períodos importantes da humanidade das conquistas feministas que acompanharam o passar dos anos. O combate à estrutura patriarcal é sim muito mais discutido hoje em dia. Para ilustrar a trajetória das feministas até os dias de hoje, nós buscamos marcos importantes na garantia dos direitos das mulheres ao longo da história. A autora Nísia Floresta desafiou as tradições e costumes da sociedade ao publicar seu livro Direitos das Mulheres e Injustiças dos Homens. Somente em é que as portas das universidades foram abertas à presença feminina. No mesmo ano, a pílula anticoncepcional chegou ao Brasil.

Mulheres em 817824

Desigualdade de gênero em tempos de pandemia e isolamento

Realiza-se um breve percurso na História, destacando-se as definições para os termos natureza, feminismo e sexualidade, ressaltando-se as diferenças entre gênero e sexo, identidade de gênero e estereótipo, bem como sobre as regras de comportamento decorrentes desses valores. Palavras-chave:Relações de gênero. Teaching practice. A escola entende disso. Na verdade, a escola produz isso. Ressaltamos que, a escolha desse objeto de estudo se deu durante a disciplina Projeto Educativo III, ministrada pela professora Sirlene Mota, também orientadora deste estudo.

Mulheres em 402137

Precisamos falar ainda mais sobre feminismo

Violência contra as mulheres e meninas é pandemia invisível, afirma diretora executiva da ONU Mulheres É uma medida protetora, mas traz outro perigo mortal. Vemos uma pandemia da invisibilidade crescente, a da violência contra as mulheres. É uma tempestade perfeita para controlar o comportamento violento a portas fechadas. Nos 12 meses anteriores, milhões de mulheres e meninas de 15 a 49 anos em todo o mundo foram submetidas à violência sexual ou física por um parceiro íntimo. Isso também alimenta a impunidade de agressores. As linhas de ajuda, o apoio psicossocial e o aconselhamento on-line devem ser aprimorados, usando soluções baseadas em tecnologia como SMS, ferramentas e redes on-line para expandir o apoio social e alcançar mulheres sem acesso a telefones ou internet. Os serviços policiais e de justiça devem se mobilizar para garantir que os casos de violência contra mulheres e meninas tenham alta-roda prioridade, sem impunidade para os autores.

Leave a Reply

Your email address will not be published.*