Concubinato: vantagens e desvantagens

Participaram da pesquisa 15 mulheres entrevistadas por Alencar e 15 mulheres entrevistadas atualmente, entre 20 e 30 anos, casadas, sem filhos e da classe média. Foi perguntado como elas imaginavam o futuro dos relacionamentos amorosos em geral. We gave priority to qualitative data analysis Delval, Esse modelo, no entendimento de Del Priorecomeçou a passar por modificações no fim do século XX. Além do mais, no início deste século, percebe-se a existência de uma diversidade de modelos de relacionamentos amorosos orientando as condutas dos sujeitos. Ademais, Borges, et al. Os entrevistados explicaram que os relacionamentos atuais se caracterizam pela individualidade, superficialidade, descartabilidade, busca do prazer, transitoriedade, grande disponibilidade de parceiros, ausência de compromisso, efemeridade e liberdade.

Garotas de coabitação 820110

Violência doméstica contra o homem: um crime menosprezado.

Quanto resultado, os jovens apontam que os relacionamentos atuais baseiam-se na individualidade, opção, descartabilidade, busca do romantismo, igualdade de gêneros e superficialidade. Assim, o longínquo das relações seria baseado em maior individualismo entre parceiros e casais morando em casas separadas. Palavras-chave: relacionamentos amorosos; contemporaneidade; adultos jovens; amor; gênero. Ellos buscan en una relación: confianza, respecto, belleza y alguien con un buen futuro profesional.

Leave a Reply

Your email address will not be published.*